Presença Online: A Sua Empresa Existe na Internet?

Por 9 de Janeiro de 2017 Artigos, Discussões Sem comentários
Presença Online: A Sua Empresa Existe na Internet?

Das reportagens exibidas nos telejornais dos anos 90 falando sobre a “Rede Mundial de Computadores” como uma excentricidade de quem é apaixonado por computadores até a consolidação da “Internet das Coisas” que vemos hoje, não dá mais para negar que, pouco a pouco, a internet se infiltrou em praticamente todas as partes de nossas vidas.

A forma como nos comunicamos, como nos informamos e como consumimos mudou drasticamente ao longo das últimas décadas: se antes era necessário que nos conectássemos à internet para acessar a rede e havia uma distinção bastante óbvia entre o online e o offline, a fronteira que separa o virtual do material fica cada vez mais embaçada com a introdução de dispositivos “vestíveis” e utensilhos domésticos, como geladeiras e lâmpadas, que também se conectam à rede.

Essas mudanças e fronteiras cada vez menos definidas entre o virtual e o material, entretanto, não se limitam às atividades corriqueiras do dia a dia, ao nosso entretenimento e consumo. As consequências dessa conectividade também podem ser observadas em questões políticas e sociais que afetam a qualidade de vida e o acesso aos direitos civís da população.

Dessa forma, não é surpreendente que haja uma pressão bastante grande na diplomacia internacional para a classificação do acesso à internet como um Direito Humano Fundamental, reconhecido pelas Nações Unidas em maio de 2016, e que países como o Canadá, a Finlândia e o Reino Unido tenham promovido a reclassificação da banda larga como uma utilidade pública, equivalente à água encanada e à energia elétrica.

Com cada vez mais acessos à rede e sem nenhum sinal de que essa tendência desacelere no futuro, a relutância em estabelecer uma presença online que alguns empresários ainda têm é cada vez mais difícil de justificar. As desculpas de que “meu público não acessa a internet” ou de que “meu negócio é local” desmoronam ao observar os levantamentos mais recentes sobre os hábitos e a demografia dos consumidores brasileiros.

Cerca de 58% da população brasileira já tem acesso à rede, o que corresponde a aproximadamente 102 milhões de habitantes, dos quais quase 100 milhões utilizam redes sociais, como o Facebook, regularmente. Até 2015, os usuários acima dos 45 anos já correspondiam a cerca de 16.5% do total1.

Portanto, é essencial que qualquer negócio estabeleça uma presença online para atrair os 90% dos internautas que acessam a rede todos os dias – não só porque a internet é consultada pela maioria destes para encontrar negócios locais e comprar produtos online, mas também porque a concorrência é acirrada, e basta um deslize para perder uma venda para o concorrente.


Conheça os Sites Inteligentes da Superbiz e descubra uma solução rápida e eficaz para colocar a sua marca na internet em até 15 dias.

Referências

1 https://www.statista.com/statistics/254724/age-distribution-of-internet-users-in-brazil/ “Statista – Distribuição dos Usuários Brasileiros por Faixas Etárias em 2015 (em inglês)” 

Deixe um comentário